A Fundação Ciência e Desenvolvimento (FCD) foi extinta e encontra-se em processo de liquidação, pelo que este site se encontra encerrado.

Janeiro 2013

O ano abre os olhos com o episódio número 139 das “Quintas de Leitura”, ciclo poético do Teatro do Campo Alegre, promovido pela Câmara Municipal do Porto, através da Fundação Ciência e Desenvolvimento.

Intitula-se “Vamos ser velhos ao sol” e realizar-se-á no dia 31 de janeiro de 2013, no Auditório do Teatro do Campo Alegre, às 22h00.

A poeta convidada é Maria do Rosário Pedreira que conversará com Valter Hugo Mãe sobre tudo o que lhes aprouver. Uma conversa sem limites, sem tempo.

As leituras, a cargo da autora convidada e de Sara Carinhas, Susana Menezes e Pedro Lamares, percorrerão toda a obra poética de Maria do Rosário. Entre leituras, a sonoridade mágica da guitarra de Jorge Coelho.

O habitual momento de dança revela-nos dois exímios dançarinos: Marco Moreira e Anna Galysheva. Chachacha, rumba e o que mais se verá, à solta nos palcos do TCA.

O fotógrafo Pedro Teixeira Neves assina a imagem da sessão.

Na segunda parte, a presença única da fadista Aldina Duarte. Cantará poemas de Maria do Rosário Pedreira, desta feita acompanhada pelo pianista Júlio Resende. Não é difícil imaginar um concerto memorável.

Nas “Quintas”, a depressão e a crise ficam à porta do teatro. Junte-se a nós, nesta noite de festa e sonho. Espetáculo para maiores de 16 anos. Bilhetes a 11,00 Euros e 7,50 Euros (com desconto).

O ciclo de dança contemporânea Palcos Instáveis, resultado de uma parceria estabelecida entre a Companhia Instável e a Fundação Ciência e Desenvolvimento/Câmara Municipal do Porto no Teatro do Campo Alegre, apresenta, em estreia “Under Destruction” de Joana Castro.

O espetáculo acontecerá dia 25 de janeiro, no auditório do Teatro do Campo Alegre, às 21h30.

“Under destruction” parte da ideia de sobrevivência. Como podemos nós enquanto seres humanos, mas acima de tudo animais, sobreviver na submersão da nossa própria destruição. Enquanto o mundo toma o seu tempo para nos exterminar e retomar a sua origem, entretemo-nos a puxar o lustro ao ego e a vomitar palavras enquanto damos tacadas na bola para preencher o pequeno buraco na terra.
Os últimos 45 minutos que nos restam, serão aproveitados por nós em cena enquanto vocês perdem o vosso tempo a observar-nos da terra...

Palcos Instáveis é um projeto da Companhia Instável em parceria com a Fundação Ciência e Desenvolvimento/Câmara Municipal do Porto, tendo como objetivo o incentivo ao trabalho de jovens criadores, através da cedência de espaço de ensaio, assim como de apresentação na cidade do Porto.

Ensaio de imprensa agendado para 24 de janeiro, às 15h00. Por favor confirmar presença - 937771802

FICHA TÉCNICA
Conceção: Joana Castro
Interpretação: Anabela Sousa, Bruno Senune e Joana Castro
Música: Flávio Rodrigues
Fotografia e vídeo: Lino Cabral
Apoio à residência: LugarInstável e Yoga sobre o Porto
Agradecimentos: Tiago Oliveira
Duração: 45 minutos

Contactos:
Tels: 22 6063017/54 07
pcampos@tca-porto.pt
www.fcd-porto.pt

Em resultado de uma parceria estabelecida entre a Fundação Ciência e Desenvolvimento/Câmara Municipal do Porto (Pelouro do Conhecimento e Coesão Social) e o Curso de Música Silva Monteiro, o Teatro do Campo Alegre apresenta o Ciclo de Música “Novos Talentos”.

Na iniciativa “Novos Talentos” a intenção é mostrar o talento dos novos intérpretes, com recitais a realizar no Teatro do Campo Alegre, dando a conhecer à comunidade os mais jovens premiados de concursos nacionais e internacionais. Os recitais, sempre às 22h00, serão apresentados pela programadora do Serviço Educativo do Teatro do Campo Alegre Rute Pimenta.

O que carateriza os participantes é o facto de todos serem laureados de concursos internacionais conceituados, com especial relevância para os premiados do Concurso Internacional Sta. Cecília, realizado no Porto e organizado pelo Curso de Música Silva Monteiro em parceria com a Fundação Engº António de Almeida, envolvendo também a Câmara Municipal do Porto através do Departamento Municipal de Museus e Património Cultural.

O objetivo é dar a conhecer "Novos Talentos" nacionais de diferentes instrumentos e estabelecer uma ponte com novos talentos de outras nacionalidades e culturas, com a participação de uma brilhante jovem pianista italiana, nesta primeira edição.

Os recitais apresentam-se em ambiente de informalidade, sendo que a função de apresentação de Rute Pimenta permitirá responder a algumas questões que possam ir ao encontro da curiosidade do público, o que o formato normal de um recital não permite.

Calendarização
- 18 de janeiro: Pedro Gomes (Piano); - 22 de fevereiro : Rafaela Oliveira (Piano) /Mateus Barros (Piano) / Daniel Hart – (Piano - Prémio Roland); - 28 de março : Vasco Rocha – (Piano); - 25 de abril : Ana Ferraz – Flauta / Flávia Valente – Flauta / Tomás Matos – (Piano); - 31 de maio: Ana Rita Oliveira – (Flauta) / Manila Santini – (Piano) - 28 de junho: Fernando Costa – (Violoncelo) / Luis Costa – (Piano)

Entrada livre sujeita a levantamento de bilhete até ao limite de lotação a sala.